Visite: Muscles Revista Digital

OUTRAS DROGAS

NOLVADEX (Citrato de Tamoxifeno)

A principal função dessa droga é combater os tumores de mama, em homens e mulheres, por ter ação bloqueadora de estrógeno, hormônio tipicamente feminino. É usado por alguns culturistas para evitar problemas como ginecomastia, retenção hídrica e formação de tecido gorduroso específico feminino. É em função do último fator, que a maior parte das mulheres consideradas gostosas pela maioria dos homens, assim o são por terem maior quantidade de tecido adiposo, as tornando mais macias, apalpáveis e com bundões. Culotões fora! Viva a lipoaspiração!

Os efeitos colaterais ocorrem quando os níveis de andrógenos em indivíduos do sexo masculino estão muito baixos e passam a predominar os estrógenos. O tamoxifeno age por meio do bloqueio dos citos receptores de estrógenos. É importante salientar que, quando o tamoxifeno é usado em combinação com agentes citotóxicos (esteróides anabólicos), há um maior risco na ocorrência de eventos tromboembólicos. O citrato de tamoxifeno, inclusive, tem sido associado com alterações nas taxas de enzimas hepáticas e, em raras ocasiões, a um espectro mais grave de anormalidades hepáticas, incluindo gordura no fígado, colestase e hepatite.

 

Como efeito adicional, o citrato de tamoxifeno, tal como o citrato de clomifeno, possui a capacidade de estimular a produção de FSH (hormônio folículo estimulante) e LH (hormônio luteinizante) em homens. O aumento na produção do LH pode estimular as células de Leydig's nos testículos, resultando em maior síntese de testosterona. Observações recentes demonstram que o tamoxifeno é mais efetivo que o próprio clomifeno no restabelecimento da produção de testosterona livre.

O citrato de tamoxifeno também age de forma paradoxal no fígado como um agonista de estrógeno, agindo similar a este em seus efeitos positivos sobre os valores de colesterol. Ou seja, aumentando o HDL (bom colesterol) e diminuindo o LDL (mau colesterol), o que é altamente desejável para quem usa esteróides anabólicos, já que eles tendem a promover um efeito justamente contrário, aumentando o LDL e reduzindo o HDL.

O tamoxifeno normalmente começa a ser utilizado de 2 a 4 semanas antes de se iniciar em ciclo de esteróides muito androgênico, para criar uma base de bloqueio dos receptores de estrógenos. E só é suspenso após 2 a 4 semanas da interrupção do ciclo de esteróides, dependendo da sua meia-vida. Vale salientar que o tamoxifeno, além de ser utilizado para se evitar genecomastia, também pode acompanhar um ciclo visando definição muscular graças ao efeito bloqueador da formação de estrógenos.

A dosagem dependeria da intensidade dos efeitos colaterais que o atleta manifesta, podendo variar de 10 mg a 40 mg por dia. Mulheres seguem as mesmas recomendações.

 

 

ARTIGO ESCRITO POR:
Rodolfo Anthero de Noronha Peres - Nutricionista
Waldemar Marques Guimarães Neto - Professor Educação Física

Livro GUERRA METABÓLICA - 2ª edição